Se é cliente MEO, pode assistir aos vídeos de jogos e resumos, no seu LCD, sentado no seu sofá. Basta clicar no botão verde do comando e inserir 274999 (resumos) ou 889669 (jogos integrais). Usufrua.
Canal nº 274999 – MarítimoFutebol20012002 no MEO Kanal

24/02/2015

Incompreensível

Não se entende como arbitragens destas sejam possíveis sem que quem as realiza não fique envergonhado. 
São erros em cima de erros, mas sempre contra o Marítimo. São jogadas de perigo cortadas no seu início, faltas marcadas sem razão aparente sempre que a bola cai na área nacionalista. 
Penaltis por marcar, faltas marcadas por dá aquela palha ou ao contrário (em desfavor do Marítimo). 
E para quem tem dúvidas, basta  ver o resumo  (com imagens ao ralenti para que se veja tudo) e, se ainda restarem algumas é ver o vídeo total, sem quaisquer cortes...

E isto sem pretender que o empate não tenha sido um resultado aceitável. Até poderemos considerar que sim. Mas que o árbitro tudo fez para evitar a derrota do Nacional, parece não restarem dúvidas. E se (cereja em cima do bolo) o Nacional conseguisse marcar, ainda melhor...

22/02/2015

Marítimo B,0 - Nacional B,0

Um jogo em que o resultado se aceita apesar de alguma supermacia verde-rubra não traduzida em golos. O Nacional apenas chegou à frente, com perigo já no final do jogo quando o Marítimo tentava (e criava oportunidades não concretizadas) o tudo por tudo à procura do golo da vitória.
"Houve uma falta aqui..."

O resumo do jogo em vídeo revela o que aconteceu em campo. O árbitro foi influente e, na 1ª parte, cortou inexplicavelmente jogadas de perigo e anulou um golo limpo ao Marítimo. Não marcou uma mão dentro da área do Nacional (seria penalti) e, para além de outras situações, na última jogada do desafio (ver foto) inventa uma falta no centro da área do Nacional contra o Marítimo e, estando a apontar para o local da mesma e a discutir o lance com os verde-rubros, deixa que o guarda-redes do Nacional marque a falta rapidamente (com a bola em movimento), a dez metros desse local, dando origem a um contra-ataque que quase dá a vitória ao Nacional...

[Vídeo]   [Resumo]

21/02/2015

Marítimo B - Nacional B

Domingo, 22/02 pelas 13h em Santo António, logo a seguir ao Marítimo-Porto do Nacional de Iniciados. 


Hoje, Sábado, em Infantis, também em casa, Marítimo,5 - Mónaco,2. Henrique Araújo(2), Canha, Guilherme e Francisco França foram os marcadores. [Resumo] 
O Marítimo comanda com 12 pontos e vai à Choupana, na próxima jornada, dentro de 15 dias, para fechar a primeira volta desta fase final do Regional.

15/02/2015

Marítimo B,5 - Canicense,1

Vitória construída até ao intervalo (4-0) perante uma equipa forte e com alguma qualidade. 

[Vídeo]   [Resumo]

No próximo Domingo, jogo com o Nacional B, em Santo António. 

No Sábado passado (14/02), a equipa de infantis (sub 13) ganhou (4-1) ao Ribeira Brava [Resumo]. No Sábado, dia 21/02, acontece o primeiro jogo decisivo (para o adversário), com o Mónaco, pelas 13h em Santo António. Uma vitória do Marítimo afastará (mesmo que ainda não matemáticamente) o adversário do título. Aí, a disputa resumir-se-á a Marítimo e Nacional. Outro resultado manterá a corrida a três, face ao empate registado entre Nacional e Mónaco, nesta primeira volta, na Choupana.

08/02/2015

Pontasolense, 2 - Marítimo B, 6

Começou a Taça da Madeira com uma vitória na Ponta do Sol. Com 1-4 ao intervalo, marcaram: Henrique Sá, Henrique Araújo (2), João Pedro, João Pereira e Lourenço Gonçalves.

[Vídeo]   [Resumo]

02/02/2015

Futsal e Infantis A

Enquanto não arranca a Taça da Madeira, a atividade no fim de semana passado resumiu-se ao jogo de futsal onde perdemos (novamente) por 7-4 com o Marítimo A no nosso pavilhão. Assim, escapa-nos a possibilidade de discutir o título. 

Nos infantis A, o Marítimo comanda a classificação na 2ª Jornada, com 6 pontos e os nossos jogadores Henrique Araújo e Francisco França estiveram na vitória por 3-0 com o Juventude, no Adelino Rodrigues. [Resumo]

27/01/2015

25/01/2015

Marítimo B,6 - Andorinha B,0

"CAMPES"

Com a vitória de hoje o Marítimo garantiu a vitória no seu grupo, sobrepondo-se ao Nacional, Mónaco e Andorinha. Como foi referido, sem Regional de sub-14, esta vitória é o prémio maior na Região para esta idade. Um resultado que se junta ao título dos AAs (2000). Estão todos de parabéns.

Arranca dentro de duas semanas a Taça da Madeira.

24/01/2015

Amanhã, último jogo

Depois do empate cedido na semana passada, frente ao Mónaco, ao Marítimo basta uma vitória, em casa, contra o Andorinha, para garantir a vitória no grupo que reune as melhores equipas de 2001 da região. Pelo que, se assim acontecer, teremos uma vitória na competição que mais se aproxima de um (inexistente) Regional de sub 14.

Por falar nisso, será uma das poucas coisas que ainda falta, a esta nova Associação, implementar. O que não é nada de mais face à mudança substancial (com resultados muito positivos) realizada este ano em todos os escalões de formação, nomeadamente os mais jovens. A argumentação de falta de jogadores em algumas equipas de iniciados não é relevante pois, nesse caso, essa equipa escolhe um dos campeonatos a disputar (o de sub 15 ou o de sub 14). Esse regional permitirá eliminar o ano "morto" que, competitivamente, os sub 14 enfrentam todos os anos, na Madeira. Para a carreira (na formação) do jogador madeirense, é um "buraco" ainda por colmatar que acaba por ser notado (falta de competitividade) no confronto nacional em que a época culmina (Torneio inter associações Lopes da Silva).

Entretanto, o Marítimo assegurou o título de Iniciados e o acesso aos Nacionais e iniciaram-se as fases finais de infantis e benjamins. Hoje, os sub 12 e sub 13 venceram bem os seus jogos (6-1 ao 1º de Maio nos sub 13 e 5-0 ao Mónaco nos sub 12). 

18/01/2015

Mónaco, 1 - Marítimo B, 1

Um empate que relega a vitória no grupo para a última jornada, na qual o Marítimo B terá de vencer a sua congénere do Andorinha, em Santo António, para ganhar o grupo que reune as melhores equipas regionais de iniciados 2001 (primeiro ano).
Cristiano marcou o golo verde-rubro.

O Mónaco terá sido reforçado com alguns jogadores da equipa A (2000) - sem prejuizo de ter alguns - e bons - jogadores de 2002 pelo que a equipa que defrontamos será algo melhor que a que usualmente disputa os jogos no grupo. 

O mesmo deverá acontecer no jogo final do grupo onde deveremos esperar o Andorinha A na sua máxima força. A verdade é que custa bastante a alguns, este ano, terem o(s) seu(s) sucessos limitados aos resultantes de um golo de penalti acontecido no ultimo minuto dos descontos de um jogo. E isto quando falta apenas definir, quais os vencedores regionais dos escalões mais jovens (Infantis e Benjamins).


11/01/2015

Marítimo B, 2 - Nacional B, 1

Ao vencer o Nacional por 2-1 (resultado feito até ao intervalo), o Marítimo pode ser campeão do seu grupo já no próximo jogo, se vencer, não dependendo de mais nenhum resultado até ao final do torneio. Basta mais uma vitória, num dos dois jogos restantes (na R.Brava contra o Mónaco e em casa, contra o Andorinha B).

Golos de João Pereira e Salvador feitos muito cedo num jogo que teve duas partes distintas: a primeira em que o jogo teve um único sentido onde o Nacional pouco mais fez que uma jogada que deu o seu único golo.

Na segunda parte o jogo equilibrou-se e descaracterizou-se, ao ritmo das substituições. Mas, quanto ao resultado, nada mais se alterou, tendo pertencido ao Nacional a jogada mais perigosa na sequencia de um contra ataque que apenas existiu porque um lançamento lateral junto à linha de fundo acabou realizado 15 metros à frente, com a permissão do árbitro, apesar do fiscal de linha estar de bandeira bem levantada a anotar a irregularidade.

[Vídeo]   [Resumo]  NOVO

10/01/2015

Marítimo-Nacional (iniciados B)

Amanhã, Domingo, dia 11 pelas 11h em Santo António. Para a decisão do grupo onde estão inseridos. Ambos têm 2 vitórias e um empate (2-2 na Choupana).

O empate poderá ser suficiente para os da casa. Mas, face ao que sucedeu nos juvenis, um empate só é empate quando o árbitro dá o apito final e, até aí, um golo muda tudo. Mas tudo mesmo.

04/01/2015

Andorinha B, 0 - Marítimo B, 9

Vitória quanto baste num jogo de um só sentido, sem prejuizo do Andorinha ter mostrado empenho e raça na procura do melhor resultado possível. E terá sido o seu guarda redes o garante dos golos do Marítimo não terem chegado ao dois dígitos.

Marcaram: Chico e Francisco Vieira, tendo Salvador Fernandez e Henrique Araújo bisado com João Pereira a completar um hattrick.

[Vídeo]  [Resumo]

28/12/2014

Marítimo B, 8 - Mónaco B, 1

Com 4-0 ao intervalo, marcaram Henrique Araújo (4), João Pereira, Gonçalo Araújo, Francisco Vieira e Igor.

[vídeo]   [resumo]  NOVO